Nunca falamos tanto em algoritmo. O que eles podem ou não ajudar?

19 outubro 2020
soulog - Nunca falamos tanto em algoritmo. O que eles podem ou não ajudar?

Há pouco vimos as redes serem inundadas com a citação de um documentário da Netflix: O "O Dilema das Redes", que foi lançado em fevereiro de 2020 no festival de Sundance, nos Estados Unidos, mas só virou assunto no resto do mundo após entrar para o catálogo da Netflix, sete meses depois. Para você que é de vendas na internet já se deparou diversas vezes com o termo “algoritmo” e, inclusive o utiliza a favor de proporcionar mais vendas e interações positivas com o seu cliente.

Para você que ainda não assistiu, é obrigatório ver. Afinal: "Dois tipos de indústria chamam clientes de usuários: a das drogas ilegais e a de softwares.". Só não se esqueça que apesar do conteúdo riquíssimo, o filme não deixa de estar em uma plataforma online. Vamos ao resumão para você ficar por dentro. Com o intuito de alertar a problemática em se passar tanto tempo nas redes sociais, o documentário desenvolve uma narrativa leve, cuja exposição de informações em nenhum momento soa confusa ou dependa de outros dados para se complementar. Aliás, é tudo muito simples: desde o início das redes sociais como elas são hoje, ou seja, desde meados de 2006 quando o Facebook aprendeu a monetizar suas informações, o mundo entrou em uma sucessão de experimentos cujas consequências se transformaram na avalanche de fake news, manipulações de eleições em diversos países e polarização política. Em muitos casos, aliás, por conta de uma notícia falsa alguns países tiveram grandes ondas de violência entre seus próprios habitantes, o que é um dos grandes alarmes do filme: o poder que essas corporações têm em mãos.

De uma forma bem rasa ele personifica as ferramentas em prol do consumo e, as pessoas que usam gratuitamente as redes se tornam produtos. O filme é sem dúvidas algo que vale ser visto, os objetivos são alcançados com sucesso, mesmo em que já convive com tudo isso!

E vamos com uma frase do filme para te instigar: “Se você não paga pelo produto, o produto é você

Mas o que é um algoritmo afinal?

Em ciência da computação, um algoritmo é uma sequência finita de ações executáveis que visam obter uma solução para um determinado tipo de problema. Segundo Dasgupta, Papadimitriou e Vazirani, "algoritmos são procedimentos precisos, não ambíguos, mecânicos, eficientes e corretos".

Para que servem os algoritmos?

Atuando como uma fórmula ou receita, os algoritmos são uma espécie de guia, que descrevem uma sequência de etapas a serem seguidas criteriosamente, para que um resultado seja obtido. Dezenas, centenas de vezes por dia nós utilizamos algoritmos de busca, de maneira imperceptível, quando entregamos ao Google um problema sob a forma de “pesquisa” e recebemos soluções como “resultados”, por exemplo.

Mais ou menos esse vídeo? Já deve ter visto, mas senão, divirta-se!

O Algoritmo do Google e suas atualizações:

soulog - Nunca falamos tanto em algoritmo. O que eles podem ou não ajudar?

O Google passou por diversas atualizações conforme a evolução e, o mais interessante perceber que quanto mais os anos passam, mais as evoluções ficam próximas e mais potentes em interferências da nossa vida, vida orgânica.

O lado bom para o negócio:

  • Marketing nas redes sociais traz bons resultados quanto a empresa tem latência e constância;
  • Marketing nas redes sociais está entre os que mais crescem no mundo;
  • As redes sociais são o melhor caminho de comunicação, pois todo mundo está “online”;
  • Aumento gradativo nas mídias sociais.

O lado negativo:

  • Demanda equipe especializada;
  • Demanda de investimentos;
  • As reclamações em redes sociais tomam proporções de gerência de crises mais complexo;
  • As propagandas se não forem bem feitas, podem gerar incômodo.

Bom, agora que você está atualizado, que tal ver outros artigos mais por aqui?
Já conhece a Soulog? Bom, ela pode te ajudar a tornar o seu algoritmo ainda melhor!

#VemPraSoulog #Fulfillmentévida