Wearables: tendência em soluções logísticas

26 maio 2021
Soulog - Wearables: tendência em soluções logísticas

Se tem coisa que a gente gosta é de novidades! Então vamos a nova tendência aqui.

O que é Wearable?

No sentido literal da palavra, wearable, em inglês, significa “vestível”.Tudo que envolve tecnologia e que alguém possa vestir, carregar ou usar como acessório, pode ser definido como um wearable. Porém, com uma condição: desde que esse dispositivo tenha conexão com outros aparelhos ou com a internet.

Só de descrever o termo, tenho certeza que você já pensou em um montão de soluções, certo? Talvez em como fazer o picking ou ainda em como rastrear a entrega, ou fazer uma checagem no momento da entrega. Se você pensou em uma dessas alternativas, em todas e ainda mais… Saiba que você está correto, sim é possível!

Crescimento em vendas de Wearable

De acordo com a consultoria IDC Brasil (International Data Corporation), os fatores ligados ao aumento no uso de wearables que se mantêm desde o ano passado estão ligados à pandemia, como home office e preocupação com a saúde.

Os fones de ouvido truly wireless, por exemplo, têm sua alta de consumo ligada às videoconferências e aulas em casa – o que leva o consumidor a investir em dispositivos para atividades profissionais ou para estudar com mais privacidade e conforto.

Já as pulseiras e relógios inteligentes têm um crescimento baseado na atenção das pessoas com a saúde, uma vez que oferecem aplicativos para cuidados com o corpo e atividades físicas.

Wearable na Logística

Para a logística, temos uma infinidade de utilizações, seja para melhorar processos, mas também para proteger a equipe, ou seja, um trabalho mais seguro e eficiente, só pode dar um excelente resultado.

Veja abaixo, algumas formas de emprego dos itens “vestíveis” em logística:

Smartwatches que podem ser combinados com recursos de realidade aumentada (AR) que expandem suas possibilidades ainda mais. Os aplicativos são desenvolvidos para aproveitar as vantagens das câmeras de alta qualidade em smartphones de consumo para uso em códigos de barras e leitura de produtos. Quando as informações são recebidas, o aplicativo pode exibir instantaneamente informações sobre um produto. Por meio da inteligência artificial, esses aplicativos podem identificar textos em etiquetas de impressão e até reconhecer os próprios produtos sem um código de barras.


● Os motoristas de caminhão usam smartwatches que vibram quando é hora de fazer uma pausa ou quando estão mudando de faixa e há um carro em seu ponto cego. Eles também usam óculos que, por meio do monitoramento de LED dos olhos do usuário, são capazes de alertá-lo quando ele está adormecendo.

● Os óculos inteligentes são usados no warehouse para ler códigos de barras, gravar vídeos e processar informações sem a necessidade de levantar um dedo.

● Esses dispositivos também criam uma experiência de trabalho mais segura para a equipe, alertando-os quando sua postura não é segura e fornecendo feedback em tempo real quando o usuário está em movimento. Essas funcionalidades evitam lesões potenciais antes que elas tenham a chance de ocorrer.

Scanners de gatilho digital e anel permitem que a equipe faça mais com uma tecnologia mais leve e portátil para detecção de por exemplo vírus COVID-19. Os trabalhadores estão lidando com um grande número de pacotes durante todo o dia. Embora as chances de contrair o vírus, via embalagem, sejam baixas, é importante reduzir qualquer possibilidade potencial de contato.

E aí, já pensou em como vai usar este artifício em sua operação?

Gostou das dicas?

Conhece a Soulog? Fale com a gente! Mais artigos: https://www.soulog.com.br/blog

#vemprasoulog #fulfillmentévida