Blog Soulog

Gamificação: engaje ainda mais seus Clientes

Gamificação é um termo adaptado do inglês – gamification – que define o emprego de técnicas comuns aos games em situações de não jogo. Ou seja, uma característica que, normalmente, aparece em jogos é adaptada para um contexto distinto, geralmente para motivar ou tornar uma tarefa mais prazerosa.

Gamificação ou Ludificação são termos utilizados para engajar mais seus clientes ou ainda evitar o tão temido Churn. Churn para quem ainda não esta familiarizado com a palavra, nada mais é, do que a perda de clientes por um determinado período de forma resumida.

Tem várias formas de mensuração de churn e entender melhor este excelente KPI, afinal manter um cliente em carteira é MAIS BARATO, do que conquistar um novo cliente. Fique atendo.

Vamos começar do começo! O que é gamificação para clientes?

Gamificação para clientes é utilizar a técnica de um jogo, que tem fases, acumulo de pontuação para retê-lo através de objetivos e entretenimento. Ou seja, utilizar-se de técnicas de jogos para entreter e manter seu cliente engajado em sua marca. Ainda ficou difícil? Calma, que é simples, veja exemplos de gamificação:

  • Sistema de pontuações: quanto mais seus cliente consome, mais pontos ele junta;
  • Rankings: quanto mais pontuação ele tem, maior é seu nível e seus benefícios com relação a sua marca;
  • Recompensas: para determinada ação, ele ganha um prêmio ou uma recompensa;
  • Objetivos: com o comprimento de um objetivo, por exemplo, número de compras por período, ele é bonificado em algo;
  • Missões: convidar amigos em um plano de indicação é um exemplo.

Com esse formato, além de você engajar seu cliente, seu cliente fica profissional em contar para outras pessoas como a sua empresa funciona!

Você já usa TikTok? Não? Leia mais aqui.

Mas será que é eficiente?

Empresas como Uber e Mercado Livre se utilizam desta técnica. A cada compra ou utilização de serviços, o usuário muda de nível tendo acesso a mais vantagens que geralmente são comerciais. Por exemplo, o Uber, quando o cliente se torna VIP, ele pode utilizar o preço do de uma corrida mais cara, no valor da corrida X, que é a mais básica.

Já no Mercado Livre, quanto mais pontos, você pode ter acesso a serviços de parceiros mais baratos, direito a Trocas & Devoluções por um período diferenciado, como outras vantagens.

Mas porque funciona tão bem, primeiro porque os jogos geralmente utilizam técnicas de gatilhos mentais e teorias psicológicas de forma que o usuário ou cliente se sintam instigados em utilizar e reproduzir determinado comportamento. Por outro lado, a motivação é intrínseca, o que faz do jogo um sucesso.

Que tal ler sobre o rei dos jogos: La Casa de Papel.

Vem que dá certo!

O que faz o processo dar certo é só um fator. Quando você envolve seu cliente em uma gamificação ele se torna mais importante para você e reconhece o valor dos seus serviços quando tem mais aprofundamento em seu sistema. Ele entende melhor sua empresa, então ele entende o real valor de cada serviço ou produto que você disponibiliza para ele!

E tem mais uma vantagem não há setor que precise ficar fora deste formato de engajar seu cliente, todos os tamanhos de empresas e setor podem oferecer este tipo de serviço sendo mais simples ou mais complexo.

Onboarding é a palavra. O que é? O onboarding é o processo que aumenta a percepção de valor sobre o seu produto logo no primeiro contato com o usuário.

Como ganhar este jogo? Preparamos uma lista!

  • O cliente precisa saber qual o seu progresso e se esta próximo ou não de mudar de nível.
  • Recompense seu cliente de alguma maneira por estar avançando por todos os pontos e, a cada mudança de nível também.
  • Dependendo do seu produto ou serviço, você pode comparar o resultado entre os usuários, isso faz parte da motivação!
  • A gamificação precisa ser saudável e possível, nunca coloque metas inatingíveis, o tiro pode sair pela culatra.
  • Demonstre a diferença entre o que eles eram e o que alcançaram após a utilização do seu produto ou serviço.
  • A motivação é responsável por engajar e ativar, então para entender isto, você precisa conhecer o seu cliente.
  • Usuários engajados compram mais e são menos sensíveis a preços! Ou seja, para engajar, pense no valor do seu cliente, mais do que no custo do produto.

Gamificação é ou não é um jeito de ganhar o reconhecimento de marca? Veja no link.

Gostou das dicas?

Conhece a Soulog? Fale com a gente! Mais artigos: https://www.soulog.com.br/blog

#vemprasoulog #fulfillmentévida

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WeCreativez WhatsApp Support
👋 Olá, como podemos ajudar?
Rolar para cima